Como abandonar o sedentarismo e praticar exercícios físicos?

Girl prepairing for workout

Como já falamos por aqui, sabemos do quanto é importante praticar exercícios físicos e viver longe dos riscos que o sedentarismo causa na nossa saúde. Entretanto, fato é que, muitas vezes, a gente começa, mas para, tenta outra vez e para de novo. Ficando assim desestimulado a continuar e incorporar de vez essa prática na nossa rotina. E não há nada de mal nisso, o importante é recuperar as energias e começar pra valer! Para isso, a gente separou algumas dicas que vão te ajudar a ter uma rotina de exercício físico com mais foco e determinação. Vem ver!

Preparando para começar

Antes de começar com os propósitos de mudar de vida, é fundamental contar com o respaldo de um médico ou profissional da área para orientar e checar se você tem todas as condições para iniciar.

Depois de conferir se tudo está certinho, é preciso escolher a atividade que mais se encaixa às suas necessidades. Todas as atividades são bem-vindas: caminhar, andar de bicicleta, nadar, dançar, malhar, etc. Basta escolher a que você tem maior afinidade ou a que for mais fácil para você começar.

Se você tem dificuldade de se manter estimulado com exercícios individuais, como a musculação, dê preferência a aulas e exercícios em grupo. Além de variarem constantemente os movimentos, as pessoas costumam incentivar umas às outras.

Uma dica legal é tentar criar vínculos afetivos nesses ambientes. Se exercitar com amigos pode ajudar a manter o foco, incentivando você a melhorar.

O difícil começo

Modalidade escolhida, hora de se preparar para começar. Lembre-se de que o início precisa ser lento e gradual para dar ao corpo a oportunidade de adquirir melhor condicionamento físico e para evitar lesões. Aos poucos, você pode ir aumentando seu nível, até atingir a quantidade desejada.

Então, se você deseja começar a caminhar, programe-se para ir pelo menos duas vezes por semana e vá aumentando a frequência à medida que o seu corpo for ganhando resistência. Embora fazer atividades físicas programadas possa ser, no começo, algo bem chato para alguns, rapidamente o organismo se adapta a elas e, depois de algum tempo, passa até mesmo a exigi-las. Faça o teste e verá!

Insiste que vai

Você não é o único a ficar com preguiça de cumprir o objetivo de se exercitar diariamente. Na verdade, é bem difícil encontrar pessoas que estão sempre motivadas a ir à academia, correr, nadar, dançar ou fazer o exercício físico que for. É por isso que é importante que você estabeleça metas, acompanhe o seu desenvolvimento e busque sempre se aperfeiçoar. Lembre-se de que a atividade física, além de proporcionar benefícios instantâneos, é o melhor investimento que você estará fazendo para a sua saúde no futuro, em longo prazo.

É fácil? Nem sempre. Mas a dica é estabelecer objetivos bem simples no começo e, à medida que for os superando, você vai aumentando seu grau de dificuldade. Os objetivos podem variar, desde frequência de treino, “nadar duas vezes por semana”, a serem também mais específicos, como “aumentar a resistência”, “perder cinco quilos”, “aumentar o tempo da atividade ou distância”, entre outros. Assim, acompanhe cada mudança positiva que você perceber e tome nota. As avaliações físicas são uma ótima forma de perceber a sua evolução.

Você vai ver que a superação das metas e a resposta positiva que o seu corpo dará com o tempo vão ajudar você a se manter sempre motivado.

Outra coisa que ajuda a manter o foco é pensar na sensação de prazer e bem-estar que vem depois dos treinos. Faça um esforcinho a mais para ir que depois será só alegria!

Ritmo e constância

Por fim, após tomar a iniciativa, é importante ter consciência de que não adianta ser imediatista quando o assunto é esporte. Os resultados só vão ficando mais evidentes depois de, pelo menos, três meses de atividades regulares. Dessa forma, não se pressione demais. Só o fato de começar já foi uma grande vitória, cobrar-se demais pode se tornar estressante e desestimulante.

Com a prática e constância das atividades, o seu próprio organismo vai ajudar você a se acostumar e se adaptar. Conte com profissionais da saúde para ajudá-lo na rotina e manutenção dos hábitos saudáveis. Eles fazem toda a diferença!

E aí, curtiu nossas dicas sobre como começar a praticar exercícios físicos? Baixe então o nosso guia completo e descubra tudo sobre o sedentarismo: os riscos e benefícios. Junte-se à Liga da Saúde e xô preguiça!

DA-0034-17O-CTA-BLOG-02

Compartilhar:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *