Diferenças entre Dengue, Zika e Chikungunya

farmacia online dengue

Todos os anos, há diversas campanhas nacionais de combate ao mosquito Aedes Aegypti, responsável pela transmissão da Dengue, do Zika Vírus e também da Chikungunya.

As três doenças, ainda que sejam causadas pela picada do mesmo mosquito, apresentam características distintas ao se manifestarem em pessoas infectadas. E entender quais são as diferenças entre Dengue, Zika e Chikungunya é fundamental para conhecer os sintomas e procurar o atendimento médico. Conheça mais sobre essas três infecções e dicas para manter sua casa e sua família mais seguros!

O que é Dengue?

A dengue é um dos vírus transmitido pelo mosquito Aedes Aegypti, que se reproduz principalmente, em países e regiões tropicais e sub-tropicais.
Existem quatro tipos de vírus da dengue  (DEN-1, DEN-2, DEN-3, DEN-4), sendo possível ser infectado apenas uma vez por cada um deles. Os sintomas da infecção dos quatro vírus são iguais. A identificação do tipo viral se dá através de exames clínicos. Além disso, esta doença pode evoluir para o quadro de dengue hemorrágica, que provoca sangramentos em órgãos e a queda da pressão arterial, também chamada de síndrome do choque de dengue.

Os sintomas da dengue são bem parecidos com os de uma gripe: dor de cabeça, dores pelo corpo, cansaço, febre alta, além de manchas vermelhas pelo corpo, vômitos, dor nas articulações entre outros.

Já a dengue hemorrágica acontece quando a pessoa infectada é infectada por dengue pela segunda ou terceira vez, onde o organismo produz anticorpos em níveis elevados, além da alta produção de mediadores presentes em processos infecciosos, levando a uma lesão vascular aliada a  alteração na coagulação do sangue, que se não for tratada com rapidez, pode levar à óbito. Esta infecção pode causar os mesmos sintomas da dengue comum, acrescida à confusão mental, sede em excesso, dificuldades para respirar, queda na pressão arterial, pulsação rápida e fraca, entre outros.

A síndrome do choque de dengue é uma das complicações mais perigosas da doença pois, além dos sintomas de uma dengue comum, ela também pode causar desidratação grave e convulsões.

É importante lembrar que um médico deve ser consultado antes da ingestão de qualquer medicamento. O uso de remédios pode prejudicar o tratamento ou piorar o quadro da infecção.

Tratamento para Dengue

Não existe tratamento específico para dengue e sim para os sintomas dela. Tomar muito líquido, repouso, e alguns antitérmicos receitados por um médico podem colaborar com o tratamento.

O que é Zika Vírus?

Recentemente diagnosticado no Brasil, o Zika Vírus é um dos vírus transmitidos pelo Aedes Aegypti  e quase 80% das pessoas infectadas por ele, não apresentam os sintomas clínicos.

Os sintomas que este vírus pode provocar são febre baixa, dores leves nas articulações, coceira no corpo, machas vermelhas na pele e vermelhidão no olhos. Dor de garganta, inchaço no corpo, tosse e vômito são sintomas menos frequentes. Estes sintomas costumam durar entre 3 a 7 dias, embora a dor nas articulações pode permanecer por até 30 dias, com evolução benigna da doença Apesar de a taxa de mortalidade devido a infecção pelo Zika ser baixa, existe o risco de óbito devido às complicações desta doença.

O Ministério da Saúde já confirmou a relação entre o Zika Vírus e microcefalia em bebês cujas mães apresentaram sintoma do vírus durante a gravidez e a  orientação é que as grávidas façam o pré-natal, comparecendo às consultas e que tome todas as vacinas indicadas para as gestantes.

Tratamento para o Zika Vírus

Por enquanto, não há vacina contra o Zika Vírus e nem tratamento para a infecção. A recomendação é que ao aparecimento dos sintomas, um médico seja consultado para avaliação clínica do caso e indicação para o tratamento medicamentoso, caso haja necessidade.

O que é Chikungunya?

Trata-se de uma febre causada pelo mosquito Aedes Aegypti e Aedes Albopictus e foi identificada no Brasil em 2014. Os sintomas da Chikungunya são febre alta, dores intensas nas articulações de pés, mãos, pulsos e tornozelos, dor de cabeça, dores musculares e manchas vermelhas. Os sintomas se manifestam cerca de 2 a 12 dias após a picada do mosquito e em 30% dos casos, os pacientes infectados não apresentam sintomas.

Tratamento para a Chikungunya

Ainda não foi desenvolvida uma vacina específica de imunização contra o Chikungunya. Porém, os sintomas são tratados através de medicamentos indicados por um médico. Além disso, recomenda-se repouso absoluto e ingestão de líquidos em abundância.

Como se proteger da Dengue, Zika e Chikungunya?

A melhor maneira de colaborar para a prevenção da dengue, zika e chikungunya, é controlar a reprodução de focos do mosquito Aedes aegypti.
Não deixe acumular água em pneus, vasos de planta, garrafas etc. Seja consciente com o seu lixo: descarte-o de forma correta para que não armazene água, utilize telas nas janelas para que a entrada do mosquito seja dificultada.

Além disso, a utilização de repelentes e inseticidas é indicada para todos os membros da família.

É importante que um médico seja consultado no caso do aparecimento de algum dos sintomas descritos.

Gostou de saber sobre as diferenças entre a Dengue, Zika e Chikungunya? Aproveite então para participar gratuitamente do nosso bate-papo sobre Dengue, que vai acontecer no dia 30 de novembro, a partir das 14h, na Araujo Pronto-Socorro. Endereço: Rua Paraíba, nº 9 (1º andar), em frente ao Hospital João XXIII. E conte sempre com a gente para comprar seus produtos e medicamentos com confiança!

Compartilhar:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *