O que são e como surgem os ácaros?

Como surgem os ácaros?

A Liga da Saúde Araujo tem como vilão, nesta temporada, o principal agente causador de alergia nas pessoas: os ácaros. Também conhecidos como ácaros domésticos, são eles que compõem aquela incômoda camada de poeira que se forma, principalmente, em cidades e áreas urbanas.

Mas você saberia dizer como surgem os ácaros e por que eles fazem tanto mal para a nossa saúde? É o que você vai descobrir a seguir. Confira!

O que são os ácaros?

Os ácaros são seres microscópicos pertencentes à classe dos Aracnídeos e à subclasse Acari, palavra que deriva do grego “akares” e significa pequeno. E é por causa do seu tamanhinho — a maioria dos adultos mede entre 0,25 mm e 0,75 mm de comprimento — e também, claro, da sua capacidade de evolução e adaptação, que esses seres têm explorado uma variedade surpreendente de habitats.

Segundo os acarologistas, cientistas que estudam os ácaros, existem aproximadamente 48 mil espécies já descritas, mas estimativas apontam que, na verdade, existem entre 500 mil e 1 milhão de tipos de ácaros atualmente. Parece assustador, não é mesmo?

Mas fique tranquilo! Grande parte deles vive longe dos seres humanos, como parasitas de plantas e animais, em ambientes aquáticos e terrestres.

Parecidos com os carrapatos, mas numa versão microscópica, a espécie que é a verdadeira vilã da saúde das pessoas é chamada de ácaro doméstico, que vem da poeira. É ela a responsável por provocar diversas doenças alérgicas, como rinite, asma alérgica e dermatite atópica.

Onde vivem os ácaros domésticos?

Por serem invisíveis ao olho humano, os ácaros passam completamente despercebidos em nosso cotidiano. Dentro de casa, eles se infestam em estofados, carpetes, tapetes, toalhas, travesseiros e seu lugar preferido são os colchões. Mas eles podem habitar também quaisquer outros cantinhos onde encontrarem seu alimento: a pele humana. Não, esses pequenos animais não são carnívoros. Eles apenas se alimentam de restos de pele morta.

Se você ficou surpreso, saiba que nós temos na pele uma camada chamada queratina, que é a sua faixa mais superficial. Em um processo natural de renovação de células, essa camada de queratina está sempre se descamando, principalmente enquanto dormimos. Junto com a pele descamada, saem os ácaros, que vão se depositando em sofás, travesseiros e colchões.

Por que os ácaros causam alergias?

E para a surpresa de muitos, o que faz mal às pessoas não é o ácaro em si, e sim suas fezes e carcaças. Ou seja, o grande causador de alergias são os animais mortos e os seus excrementos, que se soltam das fibras dos tecidos e são prejudiciais à saúde.

Em geral, os ácaros que ficam depositados nas superfícies dos lugares vão se acumulando e acabam ficando retidos (por isso que é mais difícil combatê-los com uma limpeza superficial). Assim, quando alguém se deita num lugar infestado de ácaros, acaba espalhando-os pelo ar e eles são respirados.

Mas vale dizer que, para os ácaros provocarem uma reação alérgica, a pessoa já precisa ter algum problema respiratório — geralmente asma ou rinite, tipos de alergias respiratórias mais comuns — ou uma predisposição genética para desenvolver essas doenças.

Curtiu aprender sobre como surgem os ácaros? Que tal descobrir um pouquinho mais sobre os males que eles causam ao nosso sistema respiratório e conhecer dicas importantes para combatê-los?

Baixe o nosso guia, divulgue para os amigos e junte-se à Liga da Saúde Araujo nessa importante batalha!

Como surgem os ácaros?

Compartilhar:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *