Vem filhote por aí

Se você está planejando o cruzamento da sua cadelinha, ou se ela já está prenha, é muito importante ficar atento a todos os detalhes para garantir a saúde dela e dos filhotes. Preparamos algumas dicas muito úteis que podem ajudar você no passo a passo dessa importante missão. Confira!

Planejamento

Antes que a cadela fique prenha, é importante visitar um veterinário para fazer uma avaliação da saúde do animal. Aproveite para esclarecer todas as dúvidas sobre o melhor momento para o cruzamento e o parceiro ideal para ser o pai dos filhotes.

Vacinação e vermifugação

Leve sua cadela para ser vacinada e vermifugada antes do acasalamento, já que esses procedimentos não são indicados durante a gestação.

Diagnóstico

O ideal é que o diagnóstico de gravidez seja feito por um veterinário. Esse profissional pode confirmar se ele é verdadeiro ou se o animal apresenta um quadro de pseudociese, distúrbio muito comum que faz com que a cadela que não está prenha se comporte como se estivesse.

Alimentação

Nas cadelas, uma gestação saudável dura, em média, de 57 a 63 dias. Durante esse período, mais do que nunca, é importante que o animal se alimente com uma ração de qualidade e sempre tenha água fresca e limpa à disposição. Para garantir a nutrição adequada, é aconselhável aumentar o volume de ração oferecida (entre 20% e 50% a mais) desde o segundo mês da gestação até o desmame dos filhotes.

Exercícios

Você pode manter a rotina de exercícios da cadela prenha, mas é preciso respeitar os limites do animal e não submetê-lo a grandes esforços físicos. Nas três últimas semanas, o repouso é muito importante. Nesse período, tente impedir o contato da futura mamãe com outros cães para evitar a transmissão de doenças.

A hora do parto

Quando se aproxima a hora do parto, é possível perceber algumas mudanças no comportamento da cadela. É comum que ela procure um local onde se sinta segura e se afaste do convívio de pessoas e outros animais. Nos últimos dias antes de dar à luz, ela pode ficar inquieta, ofegante, se alimentar menos e tomar mais água do que o normal.

Converse com o veterinário sobre o parto e esclareça todas as dúvidas sobre o que acontecerá nesse momento, como ajudar a cadela a ter um parto tranquilo e quais cuidados o filhote precisará nas primeiras horas de vida. Ele também poderá orientar sobre como reconhecer que a cadela está com problema para parir para que a intervenção profissional aconteça na hora certa.

Compartilhar:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+Pin on PinterestEmail this to someone

Comentários

  1. ola minha cadela se cahama dara ela tem 11 anos e eu gostaria de saber como eu faço para saber se ela esta prenha de macho ou femea
    muit obrigado desde ja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *