Skincare: uma rotina possível

Ácido, sérum, oil free, tônico, antioxidante, vitamina B5, poros perfeitos… são tantos produtos, termos e “últimos lançamentos” que, às vezes, parece que é preciso ser especialista em cuidados com a pele do rosto – além de muito investimento! – para mantê-la protegida e com viço. 

A gente comemora que existam hoje produtos tão especializados, mas ninguém precisa ficar “refém” das muitas possibilidades existentes. Mais que investir, para termos uma pele bonita e saudável é preciso disciplina. Limpar, hidratar, proteger. Diariamente.

Antes de ser uma camisa de força, esses hábitos devem ser um momento de autocuidado no dia a dia, ou seja, pensados em uma rotina possível. E por onde começar? Conhecendo o seu tipo de pele! Ela pode ser seca, sensível, propensa à acne, à vermelhidão, madura, entre outros. 

Um profissional especializado pode ajudar a identificá-la corretamente (ela pode, por exemplo, ser mais de uma coisa, como seca e hipersensível). Assim, basta seguir uma jornada simples, mas consciente.

Limpar é preciso

Higienizar a pele do rosto, pela manhã e antes de dormir, garante que o acúmulo diário de oleosidade, de impurezas (como poluição) ou os resquícios de maquiagem sejam eliminados, permitindo que a pele respire livremente. Pode ser com um sabonete em barra, óleo ou espuma de limpeza, entre outros produtos, desde que respeitem o seu tipo de pele e tenham pH específico para o rosto.

Hidratar faz toda a diferença

Aplicar um hidratante é outro cuidado bastante importante. Ele irá repor ou criar uma barreira de retenção das moléculas de água nas camadas mais superficiais da pele, mantendo sua maciez e luminosidade naturais e, ainda, a protegendo-a contra agressões externas do dia a dia, como a poluição. 

Existem hidratantes com formulações específicas para efeitos diferenciados, e alguns deles podem auxiliar também no tratamento do envelhecimento precoce, na prevenção ou na cicatrização de espinhas, no controle do brilho do rosto ou na descamação da pele, por exemplo.

Proteger é fundamental

Sabemos que o envelhecimento é um processo natural da pele, mas não precisamos acelerar o seu ritmo. Protegê-la dos efeitos do sol (mesmo em dias nublados) é mais que uma “dica de ouro”, é hábito indispensável. Afinal, não se trata apenas de evitar manchas, rugas e flacidez precoce, mas, essencialmente, de prevenir o surgimento de cânceres. 

Encontre um filtro solar do tipo e textura adequados ao seu tipo de pele e faça uso diário, incluindo também mãos, colo e pescoço. Neste post, você pode conferir nossas dicas para escolher o melhor filtro solar.

 

E não custa lembrar: beba bastante água, sempre! Ela deixa a nossa pele hidratada, é acessível e sem contraindicações de gênero, idade ou tipo de pele.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *