Como acabar com a caspa no inverno: tratamento e prevenção

Não é mito: quando chega o inverno, a caspa tende mesmo a piorar. Com as temperaturas mais baixas, pode ocorrer um ressecamento da pele do couro cabeludo, assim como um desequilíbrio na produção de sebo. Em outras palavras, quando muda a hidratação natural dessa região, a retenção de células mortas na descamação aumenta bastante. E quando a caspa se intensifica, o que fazer?

Basta incluir o uso de produtos adequados na sua rotina diária, como alguns shampoos anticaspa capazes de nutrir o couro cabeludo e de oferecer efeito anti-inflamatório, contendo assim a descamação. É o caso do Fungonazol®, indicado para o tratamento da dermatite seborreica (a famosa caspa!) do couro cabeludo em adultos. Seu princípio ativo combate a micose, aliviando aquela coceira e descamação tão incômodas. Antes de usar qualquer produto, é importante realizar uma consulta com um profissional médico especializado para obter orientações sobre as doses, a frequência de uso e a duração do tratamento.

Outra dica importante é evitar, ou até mesmo suspender temporariamente, o uso de secador elétrico próximo ao couro cabeludo. O melhor é mantê-lo fresco, longe da umidade. Por isso, nada de dormir de cabelo molhado! Vale ficar atento à temperatura da água do banho, dando preferência aos banhos mornos e evitando os muito quentes.

Você encontra este produto em nossas lojas físicas, site, app ou Drogatel no número 31 3270-5000 ou pelo 0300 313 1010.