Colesterol – um vilão silencioso, mas possível de combater

É muito comum ouvirmos falar do colesterol como o grande vilão da alimentação e da saúde do coração nos dias de hoje. De fato, alterações nos níveis de colesterol no corpo estão sim associadas a doenças coronárias e à aterosclerose. Mas ele também é uma substância importante para algumas funções do corpo humano.

O segredo para manter uma relação saudável com o colesterol é conhecer o equilíbrio. Neste texto, vamos explicar melhor o que é essa substância, como mantê-la em um nível estável e quando ligar o alerta e procurar um médico.

O que é o colesterol?

Apesar da fama, o colesterol é sim uma substância necessária para o organismo, atuando na produção de hormônios, vitamina D e na formação da membrana que envolve nossas células. Mas, de onde então vem a fama de vilão da saúde?

Existem dois tipos de colesterol, popularmente conhecidos como colesterol bom, ou HDL-colesterol, e o ruim, LDL-colesterol. Quando os níveis do LDL começam a aumentar no sangue, ele pode se tornar um problema, porque, em excesso, ele se acumula na parede dos vasos sanguíneos e forma placas de gorduras. 

São essas placas que impedem a passagem de sangue e modificam as paredes dos vasos, levando ao desenvolvimento das doenças coronarianas

E como evitar o seu aumento?

Níveis altos de colesterol podem estar relacionados a diversos fatores, como predisposição genética e fatores comportamentais, como obesidade e falta de atividade física. Porém, a alimentação é o aspecto que deve ser mais observado, já que nosso corpo produz 70% do nosso colesterol, enquanto os outros 30% vêm da dieta.

A maior fonte de colesterol são os produtos de origem animal, como carnes gordurosas, principalmente a de porco, ovos, frutos do mar e frituras. Se você está com o colesterol alto, evite, ou pelo menos diminua, a frequência desses ingredientes no seu cardápio. Uma dica para não ficar com uma dieta muito restritiva é trocar as carnes vermelhas por alternativas mais saudáveis, como peixes.

Além disso, é recomendável aumentar o consumo de frutas, vegetais e alimentos integrais, principalmente cereais. Por serem muito ricos em fibras, eles diminuem a absorção de colesterol no intestino e ajudam a controlar a presença dele no sangue

Quando e como fazer o exame de colesterol?

Infelizmente, altos níveis de colesterol não apresentam quaisquer sintomas que possam ser facilmente identificados como sinal de alerta. É uma doença silenciosa, e a única maneira de saber os níveis com segurança é através do exame de sangue.

Se você tem histórico de colesterol alto na família ou de doenças cardíacas, deve ficar sempre alerta às alterações. Nesse caso, é recomendável medir os níveis no sangue a cada dois anos e, se houver alterações, o médico pode até recomendar um exame anual. Mas quem não tem a predisposição genética também deve ser feito pelo menos a cada cinco anos.

 

Para sua comodidade e agilidade na hora de fazer o exame, a Araujo oferece uma série de testes rápidos, como o de colesterol, glicemia, HIV, dengue e muitos outros. Basta acessar nossa página de serviços farmacêuticos e encontrar uma unidade que realize o serviço. Não é necessário agendamento prévio. 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *