Como identificar o estresse e encontrar formas de viver melhor

Não é novidade que o estresse afeta nossa qualidade de vida e saúde. Tão comum na vida adulta, fica até mesmo difícil encontrar alguém que nunca tenha convivido com um cansaço excessivo ou se viu com uma irritação constante.

Entretanto, é preciso ficar claro: quando vivenciamos situações de tensão, nosso organismo libera hormônios como a adrenalina, a noradrenalina e o cortisol (hormônios do estresse), algo completamente esperado. É normal a frequência cardíaca e a pressão sanguínea aumentarem e os músculos se contraírem – entre outras reações. Além disso, efeitos como esses de uma superexcitação repentina têm uma duração curta no organismo.

É o estresse crônico que chama a atenção e causa preocupação. Quando é constante e por um longo período, ele pode acarretar uma série de sintomas. Além de irritabilidade e cansaço extremos, podem ocorrer – entre outros – gastrites (ou até úlceras), mudança no ciclo menstrual, perda de cabelo, de memória e de apetite sexual, transtornos do sono e alterações na pele.

Estresse e a pele

Sim, a pele também sofre com o estresse crônico, seja com o aparecimento de bolsas e manchas escuras embaixo dos olhos, com o aumento da acne ou com a perda da vitalidade, diminuição da elasticidade e surgimento de linhas de expressão.

“Nos dias de hoje, há três fatores que impactam de forma considerável a pele do rosto e do colo, além da exposição ao sol, que são o estresse, a Síndrome de Burnout e a depressão”, afirma Jorge Menezes, médico e cirurgião plástico. “Tais alterações corporais levam a um estresse de funcionamento corporal provocando um índice maior de radicais livres e, principalmente, uma produção exacerbada de cortisol, que funciona como um veneno corporal.

Tudo isso acelera o processo de envelhecimento cutâneo”, ele explica. O uso de cremes e séruns antioxidantes ajuda a reduzir o efeito do estresse, mas, o fundamental é perceber se (ou de que forma) ele está sendo capaz de afetar sua rotina.

Vale a pena seguir alguns cuidados:

  1. Priorize uma alimentação saudável e balanceada e pratique exercícios físicos prazerosos (não vale somente academia!). Dançar é também uma ótima fonte de prazer.
  2. Reserve tempo para fazer algo de que goste, ao menos uma vez por semana.
  3. Desacelere seu ritmo.
  4. Organize-se para ter um dia mais focado e leve.
  5. Procure dormir bem, ter um sono reparador de fato. Ao menos uma hora antes de ir deitar, desligue o celular ou deixe-o fora de seu alcance.

Comentários

  1. You’re so awesome! I don’t believe I have read anything like that
    before. So good to discover another person with genuine thoughts
    on this subject. Seriously.. thanks for starting this up.
    This web site is something that’s needed on the web, someone
    with a little originality!

  2. Attractive section of content. I just stumbled upon your website and in accession capital to assert that I get in fact enjoyed account your blog posts.
    Anyway I’ll be subscribing to your feeds and even I achievement you access consistently fast.

  3. Hi there just wanted to give you a brief heads up and let you know a
    few of the pictures aren’t loading properly. I’m not sure why but I think its a linking issue.
    I’ve tried it in two different internet browsers and both show the same outcome.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *