Mitos e verdades sobre a dengue

aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue

A dengue tem sido tema recorrente em todo o Brasil, pois os índices de casos notificados são alarmantes. Devido à divulgação de várias informações irreais sobre a doença, faremos dois posts sobre o que é verdade e o que é mentira a respeito da doença.

A picada do mosquito é a única forma de transmissão da dengue?

Sim, a dengue não é transmitida por pessoas, objetos ou outros animais.

Uma pessoa infectada pode passar a doença para outra?

Não há transmissão por contato direto com um doente ou com suas secreções. A pessoa também não se contamina por meio de fontes de água e alimento, ou pelo uso de objetos pessoais do doente de dengue.

Velas de citronela ou andiroba ajudam no combate ao mosquito?

Esses recursos têm efeito temporário e indeterminado.

Basta secar os lugares onde existe água parada?

Não, é necessário também limpá-los. O ovo do mosquito pode se manter vivo por mais de um ano sem água.

O inhame e o complexo B ajudam na prevenção da dengue?

Não. Apesar de as pessoas dizerem que principalmente o complexo B tem um cheiro muito forte e espanta o mosquito, isso não é verdade. A ingestão de vitamina B para evitar a aproximação do mosquito não se mostra eficaz, uma vez que o efeito varia de acordo com o metabolismo da pessoa e, portanto, pode não repelir o mosquito.

 

Gostou do conteúdo? Aqui você confere mais mitos sobre a dengue. E não se esqueça de compartilhar este texto com seus amigos. A informação também é uma poderosa arma contra a Dengue!