O que é fazer skincare? Aprenda com um passo a passo

Skincare vem do inglês, mas já faz parte do vocabulário de muitas brasileiras, especialmente entre blogueiras e influenciadoras. Aqui a gente explica de  um jeito descomplicado — o que é skincare, para que serve, como fazer, etc — e ainda te mostra como criar uma rotina simples e eficiente de cuidados com a pele. Tudo isso com a ajuda de quem entende do assunto: a médica dermatologista Marcela Mattos (@marcelamattossimoes), mestre pela Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

O que é skincare?

Na tradução literal quer dizer cuidados com a pele. Na prática, é uma rotina de cuidados faciais (com etapas como lavar o rosto e fazer uso de um protetor solar) que deixa a barreira da pele íntegra e funcional. É, ao mesmo tempo, um ritual de beleza e de saúde, e que tem como resultado uma pele saudável, iluminada e cheia de viço por mais tempo.

A dermatologista Marcela Mattos explica que não existe uma idade certa para começar a se cuidar. Mas lembra que vale a pena adotar uma rotina o quanto antes, especialmente quando o desejo é prevenir o surgimento de manchas na pele e adiar seus primeiros sinais de envelhecimento.

Como fazer a rotina de skincare?

O primeiro passo é identificar qual o seu tipo de pele e o ideal é contar com a avaliação de um profissional especializado. Ele poderá indicar um passo a passo individualizado e, por isso, mais eficaz, com produtos adequados e a forma correta de aplicá-los. Uma pele seca, por exemplo, pede um tipo específico de sabonete que hidrate e não provoque ressecamento.

Além de uma boa dose de disciplina na rotina de skincare, Marcela chama a atenção para a importância do uso de produtos dermatologicamente testados. “É algo fundamental para se evitar reações de irritação e alergia. E se você já tem uma pele extremamente sensível ou possui alguma doença dermatológica, procure um dermatologista antes de iniciar qualquer skincare”, ela ressalta.

Tipos de pele

Normal: pele que produz óleo em quantidade adequada e, por isso, é  naturalmente bem hidratada (nem muito brilhosa, nem ressecada). Possui uma textura aveludada, com os poros não dilatados/aparentes. Bastante comuns em bebês e crianças.

Seca: pele com pouca oleosidade natural e pouca luminosidade. Sua textura é mais áspera e o aspecto ressecado; propensa a coceiras e à descamação.

Oleosa: pele com textura irregular, poros bastante abertos e visíveis. Produz bastante óleo (incluído no couro cabeludo); propensa à acne.

Mista: pele com poros dilatados e bastante oleosidade na zona T (testa, nariz e queixo) ao mesmo tempo em que há ressecamento nas demais regiões do rosto.

Passo a passo do skincare

Se a dúvida é sobre a ordem do skincare, é só seguir o caminho: 1) limpar; 2) hidratar; 3) tratar e 4) proteger. É possível incluir mais etapas (como uma esfoliação ou uma massagem facial), mas esses 4 passos são a base que garantem uma pele saudável e radiante.

1. Limpeza facial: lavar o rosto é etapa indispensável do skincare, é ela que prepara a pele para receber o restante dos produtos.

2. Hidratação: com a pele limpa, o passo seguinte é garantir a hidratação. Ao criar uma barreira de proteção, ela ajuda a manter a umidade natural da pele, preservando, assim, sua maciez e elasticidade. A médica Marcela Mattos ressalta que “mesmo a pele oleosa sente a necessidade de hidratação com cremes mais sequinhos”.

3. Tratamento escolhido: alguns produtos promovem um verdadeiro tratamento na pele, como os com ação clareadora, antienvelhecimento e antioxidante, e o controle dos poros e da acne. Marcela lembra que alguns produtos podem ser utilizados de dia e outros não; “principalmente os ácidos e clareadores de pele, por serem mais fortes e gerarem sensibilidade quanto à exposição ao sol”, ela alerta.

4. Proteção solar: essa etapa é a última na ordem do skincare e, quando a rotina é noturna, geralmente não existe indicação de fotoproteção. A aplicação de um protetor solar é fundamental; ele protege a pele dos efeitos nocivos dos raios solares UVA e UVB e da luz visível, cuja exposição sem proteção acelera seu envelhecimento e põe sua saúde em risco.

Quais são os produtos para skincare?

Conhecendo melhor cada um deles, fica ainda mais fácil montar um de kit de skincare customizado e eficaz, sem desperdício por comprar algo desnecessário.

Sabonete: existem opções em barra, líquido ou mesmo gel de limpeza; o importante é escolher aquele que seja específico para o seu tipo de pele.

Esfoliante: o esfoliante contém micropartículas que ajudam a remover as células mortas, funcionando como um reforço na limpeza da pele. Vale lembrar que a esfoliação deve ser feita, no máximo, uma vez por semana, ou conforme a indicação de um profissional.

Tônico: além de ajudar a reequilibrar a pele (ao regular seu pH), o tônico potencializa a limpeza, contribuindo para uma melhor absorção dos nutrientes contidos nos produtos usados na sequência, como o hidratante.

Hidratante: ele pode ser em creme, loção ou gel (geralmente, mais indicado para peles oleosas) e age como uma barreira protetora, prevenindo o ressecamento (que dão sinais como vermelhidão e coceiras), suavizando ou amaciando a pele. Ele também pode conter ativos antioxidantes, anti-inflamatórios, vitaminas e outros, capazes de nutrir a pele.

Antioxidante: são ativos que agem neutralizando os radicais livres formados no organismo, responsáveis por um envelhecimento precoce da pele, com as linhas de expressão e rugas. As vitaminas C e E e o ácido ferúlico estão entre os bastante conhecidos.

Protetor: além de adequado ao tipo de pele, ele deve ter o fator mínimo de 30 FPS e ser usado todos os dias, indica Marcela Mattos. “Se você tem manchas e se sua pele é mais sensível, use fatores de proteção maiores (FPS 60 e mais, assim como produtos que possuem PPD) e reaplique mais vezes”, ela diz.

Dicas essenciais

  • Para um melhor resultado, a rotina de cuidados deve ser mantida pela manhã e também à noite, lembrando sempre de retirar quaisquer resquícios de maquiagem antes de dormir. Mantenha as etapas de limpeza e hidratação tanto no skincare diurno quanto no noturno, mas dê preferência para aplicar produtos que estimulem a renovação celular à noite (como alguns ácidos), deixando-os agir enquanto você dorme.
  • Fuja dos banhos muito quentes. Eles  retiram parte da barreira protetora da pele, provocando o ressecamento da pele.
  • Uma alimentação saudável, equilibrada e rica em frutas e verduras, é sim parte de um skincare bem feito, assim como a ingestão de líquidos, preferencialmente água em abundância, em quaisquer estações do ano. Coloque na receita uma vida com menos estresse, a prática de exercícios físicos e uma boa noite sono: grandes aliados para uma pele de dar inveja.